Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/08/13 às 14h52 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Aberta seleção de projetos de artes visuais e cinema feitos por mulheres

COMPARTILHAR

Estão abertas até o dia 30 de agosto as inscrições para o Prêmio Funarte Mulheres nas Artes Visuais 2013. Exclusivamente voltado para pessoas do sexo feminino, o edital tem abrangência nacional e investimento total de R$ 744.200,00.

Dez projetos serão contemplados com premiações de R$ 70 mil (cada).  O objetivo é selecionar projetos que visem à prática de linguagens artísticas, à reflexão crítica e à profissionalização dos processos de gestão cultural. Realizado pela Fundação Nacional de Artes – Funarte, em parceria com o Ministério da Cultura e a Secretaria de Políticas para as Mulheres, o edital pretende, ainda, contribuir para o fomento e a difusão da expressão artística considerando o reconhecimento das mulheres nas artes visuais.

Podem participar pessoas físicas (indivíduo ou representante de coletivo de artistas) do sexo feminino e pessoas jurídicas de direito privado de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos, atuantes na área das Artes Visuais e composta exclusivamente por pessoas do sexo feminino. Os projetos inscritos podem ser de exposições, mostras, oficinas, intervenções urbanas, publicações, produção crítica e documental, seminários, que tenham como resultado esperado ampliar a geração do mercado de artes visuais no âmbito da produção feminina, bem como contribuir para a formação de público.

As inscrições estarão abertas até 16 de agosto de 2013. Formulário de inscrição disponível no site http://www.funarte.gov.br/.

Outra premiação dedicada ás mulheres é o Prêmio Carmen Santos Cinema de Mulheres 2013 – Apoio à Curta e Média Metragem, da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura. A ação acontece com intuito de valorizar a produção artística e cultural feminina, incorporada ao Plano Nacional de Políticas para as Mulheres 2013-2015. As inscrições podem ser feitas até o dia 19 de agosto.

O edital é aberto a mulheres brasileiras natas ou naturalizadas que assumam a função de direção das obras inéditas propostas, e prevê a seleção de dez curtas-metragens com até cinco minutos de duração, e seis médias com duração máxima de 26 minutos. Cada curta-metragem receberá até R$ 45 mil para sua realização, e cada proposta de média-metragem contemplada receberá um valor máximo de R$ 90 mil. Sem restrições quanto ao gênero, os filmes devem abordar temas ligados aos direitos femininos e à igualdade entre homens e mulheres, e seus conteúdos devem refletir a diversidade feminina dentro de diferentes etnias, povos e regiões.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo sistema disponível no site do Ministério da Cultura.