Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/10/12 às 16h01 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Carreta da Mulher continuará no Gama esta semana

COMPARTILHAR

A Unidade Móvel de Saúde da Mulher continuará por mais uma semana no Gama, já que foi muito alta a procura pelos seus serviços. Instalada no Centro Olímpico da cidade desde 8 de outubro,  o Caminhão da Mulher já realizou,  até esta sexta-feira (26), cerca de 1,2 mil exames entre as moradoras no local. Foram 451 mamografias, 450 ultrassonografias e 371 preventivos do câncer do colo do útero nas três semanas de atendimento. A próxima região administrativa a receber a unidade será Brazlândia. 

O Gama é a 13ª localidade do DF onde o Caminhão da Mulher  oferece às moradoras exames fundamentais para garantir a saúde feminina. Inaugurado em 8 de março, por meio de uma articulação entre as Secretarias da Mulher e de Saúde, ele já fez mais de 20.900 exames, segundo a Secretaria de Saúde: 6.855 exames de mamografia, 7.264 ultrassonografias e 6.787 de prevenção ao câncer no colo do útero. 

O governador Agnelo Queiroz reafirmou a importância da unidade itinerante. “Essa é uma assistência essencial, pois possibilita o diagnóstico precoce e a prevenção das doenças que mais matam mulheres: o câncer de mama e o câncer do colo do útero”, destacou. O caminhão já passou pelo Condomínio Pôr do Sol (Ceilândia), Núcleo Rural Taquara (área rural de Planaltina), Cidade Estrutural, Paranoá/Itapoã, Nova Colina (Sobradinho), São Sebastião, Areal (Águas Claras), Riacho Fundo II, Recanto das Emas, Estância Nova (Planaltina), Sol Nascente (Ceilândia) e Santa Maria. 

Serviço – A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, com senhas distribuídas no início de cada turno. Para a consulta é necessário apresentar documento de identidade e comprovante de residência. As mamografias só podem ser feitas em pacientes com idade igual ou superior a 40 anos. 

As ultrassonografias só podem ser realizadas por solicitação médica. Logo, para as consultas feitas nas unidades de saúde antes dos exames no caminhão, é necessária a apresentação do cartão do Sistema único de Saúde (SUS). 

O exame preventivo de câncer no colo do útero, conhecido como Papanicolau, não possui pré-requisitos ou restrição de idade. Mas é indicado, preferencialmente, a mulheres que tenham se submetido ao exame há mais de um ano.

Fonte: Agência Brasília