Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/02/18 às 9h30 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

CEU das Artes terá 3 unidades para atendimento a jovens

COMPARTILHAR

 

O jovem ou a criança depois da aula pode se ocupar com a música e trocar a rua pela arte, pelo cultivo de hortaliças de uma horta comunitária e também pelo esporte. As opções existem; já é uma realidade.

 

Foram construídos espaços e instalada uma infraestrutura excelente, como no Céu das Artes do Recanto das Emas, inaugurado em novembro do ano passado. O auditório e os equipamentos de áudio e luz são profissionais para quem faz teatro.

 

Outros dois projetos estão em fase de conclusão como na QNM 28 da Ceilândia com 7 mil metros quadrados, um projeto orçado em R$ 6,45 milhões – parte dos recursos provenientes da União e parte do Distrito Federal. No Sol Nascente, a construção está bem avançada.

 

Na QNR 2, do Sol Nascente, são 3 mil metros quadrados, 80% das obras concluídas e as obras, inicialmente, foram orçadas em R$ 3,6 milhões, um investimento da União e do Distrito Federal.

 

O Céu das Artes, conta com áreas de equipamentos esportivos e com Pistas de Skate, Quadras Poliesportivas cobertas, Cineteatros, Telecentros, Bibliotecas, Salas Multiuso, Centros de Convivência , além as áreas administrativas e contará com ações pedagógicas, socioeducativas e socioassistenciais.

 

É um projeto que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento e está sendo viabilizado mediante um convênio da Sedestmidh com o Ministério da Cultura e a interveniência da Caixa Econômica.

A Secretária do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Ilda Ribeiro Peliz, esteve em visitas a essas obras, em fevereiro, e já tem planos para ocupar com os projetos sociais que tem em mente.