Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/05/17 às 19h14 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

CREAS Diversidade realiza oficina de grafite contra homofobia e abuso sexual de crianças e adolescentes

COMPARTILHAR

O Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) da Diversidade, unidade da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, realizou uma oficina de grafite e pintura em alusão ao Dia Internacional contra a Homofobia, comemorado nessa quarta-feira (17), e ao Dia Nacional de Enfrentamento à Violência e Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes (18).

Cerca de 20 pessoas, entre usuários e parceiros do CREAS, participaram de uma oficina de conscientização sobre preconceitos enfrentados pela população LGBT, sobre as formas de identificar e combater abuso sexual contra crianças e adolescentes e maneiras de expressar a arte por meio do stêncil. Após as conversas, o muro branco da unidade, na Asa Sul, ficou colorido com desenhos e frases em referências às datas, feitos por gays, lésbicas, travestisa, transexuais, transgêneros e não-binários, que utilizam o espaço.

A aula artística foi ministrada por pessoas formadas na primeira oficina de grafite do mundo voltada para travestis, transexuais, transgêneros e pessoas não-binárias, em fevereiro, pelo artista urbano Ozi. A coordenadora do CREAS Diversidade, Ana Carolina Silvério, afirma que a arte se mostra como uma ampla possibilidade de expressão para a população LGBT.

“A gente forma aqui um espaço de resistência, de luta e de enfrentamento para que as pessoas expressem seus sentimentos, suas possibilidades e protestos”, afirmou.

A atividade recebeu a visita da secretária-adjunta de Desenvolvimento Social, Marlene Azevedo; Subsecretária de Assistência Social, Solange Martins, além da parceira do grupo Mães pela Diversidade.