Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/01/14 às 16h52 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Palestra sobre gênero a dependentes químicos

COMPARTILHAR

Iniciativa marca postura mais ampla da equipe do Ceam 

ceam20Uma equipe de quatro psicólogos do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), unidade da Secretaria da Mulher do DF, deu palestra para 25 pessoas, entre mulheres e homens, que enfrentam dependência química e são atendidos no Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e Drogas (Caps-AD), em Santa Maria.

Em duplas, os psicólogos falaram para um grupo masculino e outro feminino sobre violência doméstica, Lei Maria da Penha e os prejuízos que o machismo e o patriarcalismo trazem para o pleno desenvolvimento das potencialidades das mulheres, homens e seus filhos.

O evento, que ocorreu na sexta-feira (21), foi o primeiro de uma série de encontros e parcerias previstos para este ano entre o Ceam e outras instituições das áreas de saúde, educação, assistência social, segurança pública e judiciária.

Com isso, o Ceam assume papel ainda mais ativo na rede de enfrentamento à violência contra a mulher no Distrito Federal e contribui para o avanço no atendimento aos casos já acompanhados e a prevenção de novas ocorrências, por meio da sensibilização de profissionais e usuárias(os) de outros serviços.

O que é – Os Centros Especializados de Atendimento à Mulher são espaços de orientação e de apoio jurídico, psicológico e social a todas as mulheres, principalmente às que se encontram em situação de violência. Eles estão previstos no convênio assinado entre as secretarias da Mulher do DF e federal dentro do Plano Nacional de Violência contra a Mulher.

Nos Ceam, as mulheres são atendidas por técnicos especializados que buscam orientá-las sobre a melhor forma de superar o problema. Desse modo, os Centros contribuem para o fortalecimento da mulher e o resgate da sua cidadania. Funcionam, na prática, como um verdadeiro porto seguro para o público feminino nos momentos mais críticos.

Ascom SEM/DF – 3961-1782 e 9272-9702 – com informações de Karla Valente, do Ceam