Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/03/13 às 19h06 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Financiamento para mulheres do campo

COMPARTILHAR

Governador Agnelo Queiroz anuncia, em parceria com o BRB, linha de crédito de até R$ 130 mil para financiar projetos de trabalhadoras rurais

 

Abranger todas as áreas de atenção às mulheres sempre foi uma das diretrizes de atuação do GDF. Nesta sexta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, o governador Agnelo Queiroz, acompanhado da primeira-dama, Ilza Queiroz, lançou, em parceria com o Banco de Brasília (BRB), o Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) Mulher – linha de crédito que beneficia as produtoras rurais. A medida foi anunciada no Programa de Assento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF), no Paranoá, onde o governador acompanhou a chegada da Caravana da Mulher, projeto organizado pela Secretaria da Mulher.

 

“Essas produtoras rurais poderão se dedicar a outros projetos que geram renda e desenvolver atividades que o Pronaf tradicional não beneficiava, como artesanato, por exemplo”, ressaltou o governador. O presidente do BRB, Paulo Roberto Evangelista, informou que dentro de 20 dias as 10 agências operadoras de crédito rural do banco receberão as propostas para aprovação do programa. “O financiamento terá taxas de 1% anual para operações de até R$ 10 mil e 2% ao ano para valores maiores, com limite de R$ 130 mil”, explicou Paulo Evangelista.

 

A estrutura da Caravana da Mulher no PAD-DF ofereceu atividades como educação financeira, serviços da unidade móvel do Sebrae, que prestou orientações sobre gestão de negócios e atendimento psicológico, jurídico e social por meio da Secretaria da Mulher, além do caminhão da Secretaria de Saúde para realização de exames preventivos.
 

“Essas iniciativas na área rural mostram a abrangência das políticas de atenção às mulheres. Hoje, pela manhã, lançamos a segunda Carreta da Mulher e a vacina contra o HPV nas escolas. À tarde, instituímos linha de crédito que possibilitará à produtora do campo desenvolver outros projetos além do cultivo agrícola”, destacou Agnelo Queiroz.
 

Carreta da Mulher – A primeira Unidade Móvel de Saúde da Mulher completou um ano de atendimento no Distrito Federal. Nesse período, foram realizados 32.600 exames preventivos. Desde o dia 4 de março estacionada no PAD-DF, a Carreta da Mulher realizou cerca de 800 exames entre mamografia, prevenção de câncer de colo uterino e ecografias.

 

“É um número muito positivo que mostra o resultado de termos intensificado o cuidado com a saúde feminina. O sucesso da unidade móvel é tão grande que daqui a 15 dias lançaremos a terceira”, afirmou o secretário de Saúde, Rafael Barbosa. O caminhão sairá do PAD-DF neste sábado (9) com destino a Sobradinho.

 

Outros atendimentos – A Secretaria da Mulher montou uma versão itinerante do Centro Especializado da Mulher (Ceam), para oferecer atendimento psicológico, social, jurídico, orientação e assistência em geral. “Essa é uma forma articulada de o GDF levar políticas públicas a todas as áreas. Essas iniciativas revelam o cuidado do governo com esse público e garantem que a mulher seja olhada em sua integralidade”, apontou a secretária da Mulher, Olgamir Amância.


Fonte: Agência Brasília