Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/11/14 às 17h30 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Governador e ministra inspecionam obras da Casa da Mulher Brasileira

COMPARTILHAR

Secretária acompanhou a visita. 65% da estrutura estão prontos. Inauguração pode ocorrer já em dezembro

P1180919casaBrasília (11/11/2014) – O governador Agnelo Queiroz, a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), Eleonora Menicucci, e a secretária da Mulher do DF, Valesca Leão, fizeram na manhã desta terça-feira (11) visita de inspeção ao canteiro de obras da Casa da Mulher Brasileira no DF, que fica num terreno de 12 mil m2 na 601 Norte. 

A construção segue em ritmo acelerado. Segundo os técnicos, pelo menos 65% da estrutura estão prontos. Se tudo der certo, a Casa será entregue em 17 de dezembro, quando expira o prazo contratual. Em seguida, serão instalados o mobiliário e equipamentos das unidades que funcionarão no local, como delegacia de polícia, promotoria e defensoria pública, além dos serviços de atendimento psicológico, assistência social e orientação profissional, entre outros.

Assim, a Casa da Mulher Brasileira do DF poderá fazer os primeiros atendimentos ainda este ano. “Estamos trabalhando para isso. Já definimos, inclusive, todo o fluxo de funcionamento da Casa. Ela vai representar um enorme avanço na qualidade do atendimento às mulheres vítimas de violência no DF, que já é considerado um dos melhores do Brasil”, disse a secretária da Mulher, Valesca Leão.

O governador Agnelo destacou o modelo de atendimento integrado à mulher, reunindo num só local os vários serviços de combate à violência doméstica. “Isso vai facilitar, em muito, a execução das políticas públicas de apoio à emancipação feminina, que tanto reforçamos neste nosso governo”, afirmou.

A ministra Eleonora Menicucci não escondia a satisfação em ver as paredes das salas onde serão feitos os atendimentos já erguidas, boa parte delas, inclusive, cobertas por telhado“A Casa tem um princípio, que é o acolhimento à mulher de forma integrada, para libertá-la do ciclo da violência. Fico muito feliz em ver que estamos concretizando esse sonho”, disse ela, ao destacar que tem acompanhado tudo de perto, até a escolha dos terrenos.

O projeto Casa da Mulher Brasileira faz parte do programa “Mulher, viver sem violência”, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República. Prevê a construção de 26 unidades em todo o País, cada uma reunindo num só local os vários serviços de atendimento a mulheres vítimas de violência. Pelo programa, cabe à SPM-PR a montagem da estrutura física e a cessão dos equipamentos; e aos estados, a administração do atendimento. No DF, a gerência ficará a cargo da Secretaria da Mulher.

Para isso, a Secretaria criou uma Câmara Técnica para decidir todas as questões relacionadas ao funcionamento da Casa, em especial o fluxo de atendimento da Casa da Mulher Brasileira no DF. A próxima reunião com todos os órgãos parceiros – Polícia Civil, Judiciário, Ministério Público e outras secretarias do GDF – está marcada para a próxima quinta-feira (11).

Ascom SEM-DF
3961-1782 e 3425-4779