Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/11/12 às 17h30 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Investimento em novas áreas

COMPARTILHAR

Nesta segunda-feira, 12, a secretária em exercício da Secretaria de Estado da Mulher, Valesca Leão, participou do lançamento da Campanha de Qualificação do Programa Nacional de Acesso Técnico e Emprego (Pronatec) Brasil Sem Miséria, em cerimônia no Palácio do Planalto. O objetivo é incentivar o público feminino a buscar cursos de capacitação e qualificação profissional em setores que estão crescendo, como construção civil, indústria e informática.

Durante o evento, conduzido pela ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Eleonora Menicucci, houve, também, o lançamento comercial para TV voltado às mulheres que buscam qualificação profissional e novas oportunidades de trabalho em áreas tradicionalmente ocupadas pelo sexo masculino.

Para Valesca Leão, esse tipo de campanha mostra que o governo federal, assim como o Governo do Distrito Federal (GDF), está empenhado em criar programas para dar mais oportunidades para as mulheres se inserirem no mercado de trabalho. “A autonomia e a emancipação delas passa por essas oportunidades que o governo proporciona. Agora, as mulheres podem ter acesso a mais uma ferramenta para que sejam senhoras do próprio destino”, avalia.

A eletricista predial de baixa tensão, Maria Raquel da Silva Barros, conta que hoje já trabalha com carteira assinada, mas quer melhorar ainda mais. “É muito interessante as mulheres trabalharem em ocupações que antes eram ocupadas, basicamente, por homens. Fazer o curso e me tornar eletricista está melhorando minha autoestima profissional e pessoal. Sei que só dependo de mim para melhor. Agora, tenho oportunidades e vou aproveitar”, relatou.

Mulheres na Construção – No Distrito Federal, em setembro deste ano, 172 mulheres venceram as barreiras do preconceito e se formaram como azulejistas e pintoras de obras. Todas as alunas fizeram parte do programa Mulheres na Construção – uma iniciativa da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), em parceria com a Secretaria da Mulher, com o Instituto Federal de Brasília (IFB) e com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF).

Pronatec – O Programa Nacional de Acesso Técnico e Emprego coordena a oferta de vagas de qualificação profissional para população em situação de extrema pobreza. São cursos de formação inicial e continuada voltados à inserção no mercado de trabalho. Atualmente, as mulheres representam cerca de 70% dos alunos.

No primeiro ano do Plano Brasil Sem Miséria, o programa ofereceu vagas em cerca de 190 cursos em 877 municípios de todo o país. Auxiliar administrativo, operador de computador, eletricista, instalador predial de baixa tensão, recepcionista e costureiro estão entre os cursos mais procurados pelo público do Pronatec. Até agora, já foram feitas mais de 230 mil matrículas em todo o país.

Por Thiago Gomide de Andrade