Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/11/13 às 22h20 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Jardim Morumbi recebe Ônibus da Mulher

COMPARTILHAR

Unidade móvel fica em núcleo rural de Planaltina até esta quinta-feira

Brasília (20/11/2013) – Nestas quarta (20) e quinta (21), o Ônibus da Mulher, como é conhecido o projeto Unidades Móveis de Combate à Violência contra a Mulher no Campo e na Floresta, estará no Núcleo Rural Jardim Morumbi, em Planaltina. O ônibus ficará durante os dois dias em frente à escola Osório Bacchin. Nele, as mulheres poderão receber atendimento jurídico, psicológico e de assistência social, fornecido por técnicos da Secretaria da Mulher do DF.

Depois de passar pelo Jardim Morumbi, o ônibus seguirá para o núcleo rural Pipiripau, também em Planaltina, onde ficará durante a próxima segunda-feira, 25. Em dezembro, fechando o calendário de 2013, a unidade móvel fará atendimento nos dias 17 e 18 no Núcleo Rural Rio Preto.

O projeto das unidades móveis foi criado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR). A ideia é levar até as mulheres do campo e da floresta, que sofrem algum tipo de violência doméstica, serviços de orientação e acolhimento. No DF, o programa é gerido pela Secretaria da Mulher.

De acordo com o projeto, todos os estados e o Distrito Federal receberão duas unidades móveis para circularem nas áreas rurais e apoiarem a prestação de serviços de atendimento, acolhimento e orientação às mulheres em situação de violência. A gestão de logística e o itinerário de circulação serão coordenados pelos órgãos estaduais, tendo monitoramento da SPM-PR e do Fórum Nacional de Enfrentamento à Violência no Campo e na Floresta.

Reforço – No caso do DF, os ônibus reforçam o trabalho que a pasta realiza com as mulheres destas localidades. “Por meio do programa Rede Mulher Rural, trabalhamos para articular e propor políticas públicas voltadas para a valorização das mulheres rurais e levar até os seus locais de moradia e convivência informações e serviços que atendam às necessidades explicitadas pelos movimentos organizados de mulheres trabalhadoras do campo”, destaca a secretária da Mulher, Olgamir Amancia.

No atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica, a Secretaria da Mulher oferece nas duas unidades móveis os serviços do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram) com apoio psicológico, social e jurídico, assistência social e orientação profissional. Também serão distribuídas cartilhas da Lei Maria da Penha com informações gerais e específicas.

Preparados para circular nas áreas rurais, os ônibus estão equipados com duas salas de atendimento, notebooks com roteador e pontos de internet, impressoras multifuncionais (para digitalização de documentos e fotocópias), geradores de energia, ar condicionado, projetor externo para telão, toldo, 50 cadeiras, copa e banheiro. Possuem instalações para a acessibilidade de pessoas com deficiência.

Ascom SEM/DF
3961-1782