Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/12/13 às 1h00 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Lançado o Jogo da Mulher

COMPARTILHAR

Alunos de Planaltina foram os primeiros a receber material lúdico-didático

jogo20A Secretaria da Mulher lançou nesta terça-feira (10) o Jogo da Mulher, que será distribuído aos estudantes da rede pública de ensino do DF e nas atividades da secretaria. Os primeiros contemplados foram os alunos do Centro de Ensino Fundamental 4 (CEF 4), em Planaltina.

A primeira-dama do DF, Ilza Queiroz, e a secretária da Mulher, Olgamir Amancia, participaram do evento, que contou ainda com a presença de diretores, professores e alunos do CEF 4, escola vencedora do Prêmio Gestão Escolar de 2013.

Em formato de cartas de baralho, o Jogo da Mulher é um material lúdico e didático que tem o objetivo de transmitir a jovens e adultos valores como equidade de gênero, autonomia e emancipação feminina. As cartas trazem figuras de mulheres de diferentes raças, origens e características, junto com informações sobre os direitos femininos.

A secretária Olgamir Amancia considerou o lançamento do jogo um desafio: “Vamos romper com o mundo que separa as pessoas por qualquer motivo. Não temos dúvidas de que conseguiremos ensinar as pessoas a amarem e respeitarem o outro, principalmente as mulheres, por meio de atividades de educação”.

Já a primeira-dama garantiu que o governo apoia todas as iniciativas que reforçam os direitos das mulheres. “Com o jogo, os estudantes vão aprender e ao mesmo tempo se divertir. Logo, começarão a discutir em casa sobre os direitos de cada um, assim como os seus deveres”, afirmou Ilza Queiroz.

Mas quem gostou mesmo do jogo foi a garotada. Logo depois do lançamento, cerca de 150 alunos do CEF 4 se dividiram em rodas para brincar com as cartas. Helena Celestino, 14 anos, da oitava série, disse que a brincadeira é “muito legal” porque mostra, “principalmente aos meninos”, que as mulheres têm direitos e devem ser bem tratadas.

No total, 120 mil jogos serão distribuídos nas escolas e nos mutirões de formação, informação e cidadania e em outras ações da Secretaria da Mulher. Criado por técnicos da secretaria, o material faz parte do programa “GDF Fazendo Gênero na Escola”, que busca levar para as salas de aula valores referentes aos direitos das mulheres.

Ascom SEM/DF
3961-1782