Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/03/17 às 19h54 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Mais 250 capacitados em questões de gêneros

COMPARTILHAR

E a LUTA NÃO para! Mais 250 vigilantes, seguranças e servidor@s  do quadro e das empresas que prestam serviços para a Universidade de Brasília (UnB) foram capacitados com o apoio da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh). A ação aconteceu nos dias 13 e 14 de março e abordou questões de gêneros e direitos humanos. 

A iniciativa faz parte do Ciclo de Palestras sobre Direitos Humanos: “Conhecer para Entender” idealizado pela Diretoria de Segurança da Universidade, que promove o curso “Desconstruindo Preconceitos”, ministrado pela assessora da Coordenação da Diversidade LGBT da Sedestmidh, Paula Benett.

Paula também falou sobre a importância da equidade no atendimento, Nome Social, banheiro por gênero, respeito as pessoas LGB, Trans, não binárias, negras, pessoas com deficiência, racismo e machismo institucionais, dentre outros grupos vulneráveis. Ela explanou também sobre a Lei Maria e violência contra o gênero feminino.

Para Paula, a palestra leva informação as pessoas que precisam, para exercerem melhor e de forma mais humanizada o trabalho. Segundo ela, nem todas as pessoas são preconceituosas, só lhes faltam informação. A informação ensina a lidar com certa situações que podem levar ao constrangimento de pessoas e agressões. 

Geralda Resende, servidora da Casa Civil, falou um pouco sobre Machismo e Direitos da Mulher. Já a Presidente da Comissão de Diversidade da OAB, Priscila Morégola, explicou sobre as leis e direitos existentes hoje no Brasil que legislam a favor dos Direitos Humanos e da mulher. A  Secretaria Adjunta de Políticas para Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos Raíssa Rossiter prestigiou o evento e parabenizou as pessoas envolvidas.

Paula terminou a capacitação com um apelo. “As maiores florestas são oriundas de pequenas sementes, então vamos plantar sementinhas de conhecimento e respeito, para colhermos amor entre todas as pessoas”.

 

Por: Camila Piacesi