Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/03/15 às 21h14 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Evento discute sexualidade da mulher com mais de 60

COMPARTILHAR

Especialistas dizem que tema ainda é tratado como tabu

A Coordenação de Promoção de Direitos de Pessoas Idosas (Codipi), da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Semidh), realizou, na quinta-feira (26), mesa redonda sobre sexualidade da mulher com mais de 60 anos.

Cerca de 40 idosas de vários centros de convivência compareceram ao evento. Elas demonstraram muito interesse no assunto e fizeram inúmeras perguntas às palestrantes.

Compuseram a mesa três especialistas da área. A professora Leides Moura, do Departamento de Enfermagem da UnB, abordou o tema “Mulheres, sexualidade e processos de envelhecimento”.

A professora Isolda de Araújo Günther, pesquisadora colaboradora sênior do Instituto de Psicologia da UnB, falou sobre o tema “O ciclo da Vida”.

Já a psicóloga Ana Paula Martins de Campos, supervisora-substituta da Central Judicial do Idoso, dissertou sobre a sexualidade de mulheres idosas de maneira mais geral.

Durante a conversa, as palestrantes falaram sobre os aspectos biológicos da atividade sexual e ressaltaram que a sexualidade não está apenas ligada ao ato sexual. Há outros fatores, como o emocional, por exemplo.

Também foram abordados os desafios e tabus relacionados ao sexo para idosas. Segundo a professora Leila, “a principal causa da diminuição da sexualidade nessa faixa etária é o poder dos mitos criados pela sociedade. As pessoas acham que não é necessário falar sobre isso com idosos.”

Ascom Semidh – 3961-1782 e 3425-4779 – com Roberta Gregoli, da Codipi