Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/03/14 às 18h34 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Mulheres são agraciadas com o Diploma Bertha Lutz

COMPARTILHAR

Secretária Olgamir Amancia participou da sessão solene no Congresso Nacional

Nesta terça-feira, 25, a secretária da Mulher, Olgamir Amancia Ferreira, participou, no Congresso Nacional, da entrega do Diploma Mulher-Cidadã Bertha Lutz concedido a seis mulheres que, ao longo de suas carreiras, contribuíram para ampliar a participação feminina na sociedade.

A 13ª edição da premiação, que leva o nome da feminista que liderou a conquista do voto pelas brasileiras, homenageou Cristina Maria Buarque, militante do movimento feminista e secretária da Mulher do Governo de Pernambuco; a ministra do Tribunal Superior do Trabalho, Delaíde Alves Miranda Arantes; a presidente da Liga Roraimense de Combate ao Câncer, Magnólia de Souza Monteiro Rocha; a ex-deputada estadual da Bahia Zezé Rocha; e a presidente da Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Sergipe, Maria Lygia Maynard Garcez Silva

Para a secretária Olgamir Amancia, é motivo de orgulho presenciar o reconhecimento de mulheres que lutam pela igualdade de gênero. “Esse é só mais um passo, um reconhecimento de que as mulheres estão conseguindo. No entanto, ainda há muita coisa para ser mudada. Essa é uma luta diária, de mudança de cultura de toda a sociedade. Parabenizo a todas essas mulheres pela luta e pelo prêmio”, disse.

O diploma – uma homenagem à bióloga brasileira e líder feminista Bertha Lutz – foi instituído pelo Senado Federal para agraciar mulheres que tenham oferecido relevante contribuição na defesa dos direitos da mulher e questões do gênero no Brasil. É conferido, anualmente, em sessão do Senado Federal especialmente convocada para esse fim a realizar-se durante as atividades do Dia Internacional da Mulher, 8 de março, e agracia cinco mulheres de diferentes áreas de atuação.

Outras homenagens – As mulheres também receberam homenagens na Rádio Senado. Durante todo o dia de hoje, os principais programas da emissora, como o Senado é mais Brasil, o Conexão Senado, o Senado Notícias e o Jornal do Senado na Voz do Brasil serão apresentados por mulheres. Além disso, a mesa de som terá o comando de operadoras de áudio. Na cobertura das atividades regulares do Senado, a emissora também vai priorizar as entrevistas com senadoras.

O dia será marcado também por uma programação musical especialmente preparada para elas, e o site da emissora será visualmente marcado para homenagear as mulheres.

Com informações da Agência Câmara

ASCOM SEM-DF
3961-1782 

Leia também...