Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/04/13 às 19h41 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

O lúdico no enfrentamento à violência

COMPARTILHAR

A secretária de Estado da Mulher, Olgamir Amancia, participou, na manhã de hoje, da 2ª edição do Seminário do Projeto Ludoteca, desenvolvido pelo Instituto Sabin, realizado na Promotoria da Infância e Juventude do Ministério Público. Participaram do evento as (os) técnicas (os) e gestoras (es) envolvidos nas 30 ludotecas. Implantados desde 2008, o projeto distribui-se em quatro diferentes órgãos parceiros: Secretarias de Saúde, Secretaria da Mulher, Secretaria do Desenvolvimento Social, e Polícia Civil.

No âmbito da Secretaria da Mulher, as ludotecas funcionam nos Centros Especializados da Mulher (CRAMs) e nos Núcleos de Atendimento à Família e aos Autores de Violência Doméstica (NAFAVDs). O termo de cooperação técnica entre a Secretaria da Mulher e o Instituto Sabin foi assinado em agosto de 2012, durante a inauguração do CRAM localizado na estação do metrô da 102 Sul.

As ludotecas são locais utilizados por assistentes sociais e psicólogos no trabalho de aproximação e interação com crianças vítimas de violência ou com as que tiveram mães agredidas. A intenção é oferecer um espaço atraente para as crianças e onde os profissionais consigam obter informações sobre a violência sofrida pela criança ou pela família.

Durante o evento foram abordados temas como a contribuição para qualificar a atuação profissional no atendimento realizado nas ludotecas, além de oportunidades para troca de experiências, abordagens e metodologias na atuação cotidiana destes espaços.

Na foto, à esquerda da secretária Olgamir Amancia estão Lucymeire Ramos, servidora do NEPAV da Secretaria de Saúde; Dra. Valéria Martirena, delegada da DPCA; Dra. Sandra Soares Costa, embaixadora do Instituto Sabin; e, à direita, Telmara Galvão, diretora da Sedest.