Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/08/19 às 11h01 - Atualizado em 19/08/19 às 11h29

Um olhar especial para as mulheres de Planaltina

COMPARTILHAR

A Região Administrativa de Planaltina faz aniversário hoje (19/08) e segundo a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (Pdad), da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), a cidade tinha, em 2018, mais de 177 mil habitantes, sendo que as mulheres representam 51,7% e formam a maioria dos moradores da (RA VI).

 

A Secretaria da Mulher tem um olhar especial pela cidade mais antiga do DF. O órgão responsável pela política de combate à violência doméstica e a criação de políticas públicas para as mulheres conta com o Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM) – espaço de acolhimento e atendimento psicológico, social, orientação e encaminhamento jurídico à mulher em situação de violência. Proporcionam o atendimento e o acolhimento necessários à superação da situação de violência, contribuindo para o empoderamento da mulher e o resgate da sua cidadania – e o Núcleo de Atendimento à Família e aos Autores de Violência Doméstica (Nafavd).

 

O Governo do Distrito Federal está investindo na cidade mais antiga da região e na saúde, foi anunciada construção do anexo do Hospital Regional de Planaltina, com Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e hemodiálise. Uma Unidade Básica de Saúde (UBS) foi inaugurada e outras duas estão em construção. Também está prevista a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para acolher os pacientes dali.

Na Educação, a comunidade escolar do Centro Educacional (CED) Estância III escolheu fazer parte do modelo de gestão compartilhada entre as secretarias de Educação e de Segurança. Além disso, a esperada inauguração da sede do Centro Interescolar de Línguas (CIL) ampliará de 600 para 2,6 mil estudantes. Hoje, as aulas são ministradas de forma improvisada.

 

A população da cidade também tem à disposição as duas delegacias 24 horas por dia. Antes em funcionamento em horário comercial, a 31ª e a 16ª delegacias de Polícia foram reabertas no início do ano. Além disso, o administrador da cidade Gilson Amorim Sobrinho conta que, por causa da extensa área e produção rural, deve ser construído um Galpão do Produtor e uma Central de Abastecimento (Ceasa). O GDF Presente, por sua vez, faz manutenções diárias na cidade.

 

(Com informações da Agência Brasília)