Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/05/14 às 23h27 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Plano Piloto recebe neste sábado Encontro de Economia Feminista e Solidária

COMPARTILHAR

Evento começa às 9h, na Torre de TV, e é a última chance para as artesãs se inscreverem no Selo Rede Mulher

A Secretaria da Mulher do DF realiza, neste sábado (31), o Encontro de Economia Feminista e Solidária do Plano Piloto. O evento começa às 9h e segue até o final da tarde, no gramado em frente à entrada principal da Feira de Artesanato da Torre de TV, no Eixo Monumental.

Este será o décimo-sétimo e último encontro da primeira fase do projeto Selo Rede Mulher, que busca dar visibilidade e fortalecer o trabalho das artesãs do DF. A segunda fase começa logo em seguida com a produção do site que trará o catálogo virtual composto pelas peças e pelas histórias de vida de cada artesã e com o processo de seleção dos grupos que receberão o Selo Rede Mulher de Economia Solidária.

Os encontros de economia solidária são a porta de entrada para o Selo Rede Mulher. Desde junho do ano passado, foram realizados 15 encontros nas cidades com menor PIB per capita e um encontro especial para mulheres rurais. No total, foram cadastradas 750 artesãs.

Além de ter acesso aos serviços da Secretaria da Mulher e de outros órgãos do GDF e de instituições parceiras (leia abaixo), as participantes dos encontros podem se inscrever no Selo Rede Mulher. O evento deste sábado, portanto, é a última chance para isso.

As artesãs devem apresentar até cinco peças de seus trabalhos manuais para serem fotografadas no local. Elas podem ainda aproveitar o encontro para se organizar em grupos de, no mínimo, três mulheres.

Visita – No encontro deste sábado, haverá a presença de uma comitiva da Secretaria da Mulher de Parauapebas, município do sudeste do Pará. A secretária Terezinha de Jesus Gonçalves dos Santos e assessores vão ver de perto como funciona o projeto. A ideia é implantá-lo ainda este ano no município paraense.

O assessor especial da Secretaria da Mulher e coordenador do Selo Rede Mulher, Mateus Guimarães, destaca a importância do projeto: “O grande diferencial do Selo é que ele busca promover o reconhecimento e a valorização das mulheres e do trabalho delas”.

Saiba mais – O projeto Selo Rede Mulher é o principal instrumento de articulação do programa Rede Mulher Artesã, que tem como objetivo promover o reconhecimento, a valorização e a autonomia socioeconômica das artesãs e trabalhadoras manuais do Distrito Federal.

Para tanto, além do catálogo virtual e da seleção de 50 grupos que receberão o Selo Rede Mulher de Economia Solidária, a Secretaria da Mulher está articulando, por meio do projeto, a criação da Rede Mulher de Comércio Justo e Solidário.

O projeto é realizado pela Secretaria da Mulher em parceria com as secretarias de Trabalho, Micro e Pequena Empresa e Economia Solidária, Cultura, Turismo, Agricultura e as Administrações Regionais.

Conta ainda com o apoio do IFB, BRB, Emater-DF, Rede de Bancos Comunitários do DF, Sebrae, Associação Comercial, Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais (BPW), Cáritas Brasileira, Fórum de Economia Solidária do DF, Instituto Marista de Solidariedade e Rede de Economia Solidária e Feminista.

 

Suélen Emerick
Ascom SEM-DF
3961-1782 e 3245-4779