Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/10/12 às 18h58 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Programa Rede Mulher chega a Brazlândia

COMPARTILHAR

Saúde e cidadania estão entre os assuntos que serão abordados com a comunidade

A Secretaria de Estado da Mulher do Distrito Federal volta amanhã a Brazlândia – pela terceira vez, sendo a segunda somente neste mês. Agora, a pasta levará o programa Rede Mulher para as moradoras da zona rural. O encontro será das 9h às 16h30, na Associação Rural e Cultural Alexandre de Gusmão – ARCAG – Incra 6.

No dia 25 de setembro, as moradoras que compareceram ao auditório da Administração Regional da cidade participaram da oficina “Mulher: autonomia no corpo e na vida”. No encontro para discutir o poder, a valorização e a formação cidadã da mulher por meio do conhecimento do próprio corpo, elas receberam orientações sobre as diferenças fisiológicas do corpo do homem e da mulher e debateram como esse funcionamento influencia na construção social da condição feminina.

No dia 1º de outubro, a atividade realizada foi o “Mutirão de Formação Informação e Cidadania”, cujo objetivo era debater com a comunidade assuntos como violência doméstica e questões de desigualdade de gênero. O encontro contou com a presença da secretária de Estado da Mulher, Olgamir Amancia, da diretora-administrativa do Hospital Regional de Brazlândia e primeira-dama da cidade, Meyreland Rocha, além de diversas autoridades e representantes de associações da cidade.

Em uma tarde produtiva e de conhecimento para as mulheres da cidade, foram esclarecidas as dúvidas sobre a Lei Maria da Penha, e as participantes puderam dar suas opiniões. “É uma excelente iniciativa, pude aprender muito com esse encontro. Nós mulheres temos que aprender a nos respeitar, para que o próximo faça o mesmo”, destacou Adelia Celestino, moradora da cidade.

Amanhã, 10, das 9h às 16h30, será a vez das moradoras das zonas rurais de Brazlândia prestigiarem os eventos promovidos pelo Programa Rede Mulher, além de outras atividades que serão realizadas em parceria com a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), Instituto Sabin e Pró-Vítima.

Programação completa:

9h às 11h20  – Lei Maria da Penha e Dinâmica As Mulheres dão as Cartas

11h30 às 12h – Aplicações práticas da Lei Maria da Penha

12h às 12h30 – Almoço

12h30 às 13h – Atividade lúdica com as crianças

13h às 14h – Pró-Vitima | Dinâmica e apresentação da entidade

14h às 16h20 – Oficina “Saúde da Mulher – Autonomia no Corpo e na Vida”

16h30 – Encerramento

Por Carol Sales, com informações da Administração de Brazlândia