Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/05/20 às 19h57 - Atualizado em 3/06/20 às 18h42

Publicado o novo Regimento Interno do Conselho dos Direitos da Mulher do Distrito Federal

COMPARTILHAR

As representantes da sociedade civil do Conselho dos Direitos da Mulher do Distrito Federal serão pela primeira vez escolhidas por meio de eleição direta. Na última terça-feira, 26, foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal, o novo Regimento Interno do Conselho dos Direitos da Mulher do Distrito Federal, CDM/DF, órgão colegiado de natureza consultiva e deliberativa, vinculado à Secretaria de Estado da Mulher do Distrito Federal.

 

A Secretária da Mulher e presidente do CDM, Éricka Filippelli, atuou junto às integrantes do Conselho na construção do novo regimento. As inúmeras reuniões e os incontáveis debates resultaram nesse novo documento que, segundo a Secretária da Mulher, surge com o objetivo de dialogar com as pautas femininas atuais e se adequar às necessidades específicas de cada coletivo.

 

“A grande transformação desse novo regimento é determinar que pela primeira vez a escolha das conselheiras que formam o CDM seja feita por meio de eleições diretas e não como era feito anteriormente”, destacou a Secretária que reiterou que, por esse motivo, também foi criada uma comissão eleitoral para avaliar critérios e definir os processos até o dia da votação.

 

A Secretária Executiva do CDM , Michelle Abrantes, destaca o sentimento de vitória ao concluir o texto. “Trabalhamos duro junto com as conselheiras e a Secretária Éricka Filippelli. O antigo regimento estava retrógrado, assim, havia uma necessidade real de adequação à realidade atual das mulheres do DF”, ressalta.

 

O Conselho dos Direitos da Mulher é formado por 25 membros representantes da sociedade civil e de órgãos do Governo do Distrito Federal, e tem como diretriz fiscalizar e acompanhar as políticas públicas para as mulheres que moram na capital. O órgão ainda dará apoio na formulação de novas propostas de combate e eliminação das discriminações que atingem as mulheres.

 

Em breve, será publicado o edital das eleições para a nova gestão, com as devidas regras adaptadas ao período de emergência em saúde pública causada pela pandemia do novo coronavírus.

 

Ascom Secretaria da Mulher do Distrito Federal – Ascom SMDF

 

 

SERVIÇO

 

Ato publicado na pág. 17 do DODF 097 de 25 de maio de 2020