Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/04/13 às 13h08 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Samambaia recebe mais um Centro de Educação Infantil

COMPARTILHAR

A população de Samambaia recebeu no último dia 5 um Centro de Ensino Infantil (CEI) que atende, em tempo integral, 270 crianças, com idade entre 4 e 5 anos. A unidade possui 12 salas de aula, áreas de leitura, parque infantil, brinquedoteca, sanitários em todas as salas, além de um refeitório onde são servidas cinco refeições por dia. O investimento na estrutura foi de R$ 3,3 milhões.

O governador Agnelo Queiroz anunciou a construção de 17 creches na cidade para crianças de 0 a 3 anos. Cada uma atenderá 220 crianças. Durante a solenidade de entrega da CEI 210, o governador assinou autorização para início das obras imediatas de seis creches na cidade. A estrutura das escolas atende com conforto e dignidade os alunos ficarão na escola por 10 horas e terão cinco refeições por dia.

A secretária de Estado da Mulher, Olgamir Amancia Ferreira, acompanha de perto a luta pela criação de creches no Distrito Federal. Ela lembra que a falta desses equipamentos também era um fator que impedia a mulher de se inserir no mercado de trabalho para buscar autonomia. “O objetivo é atender a demanda na educação infantil no Distrito Federal e aumentar o número de unidades que funcionam em tempo integral. Não tem nada mais gratificante que ver o governo entregar uma escola pública, em excelentes condições, que vai educar as crianças por mais tempo e dar a tranquilidade que uma mãe precisa para sair de casa para trabalhar sabendo que seus filhos estão num lugar seguro e de aprendizado”, analisa.

Esta é a segunda escola de ensino infantil em Samambaia – a sétima do DF. As demais funcionam Planaltina, Estrutural, São Sebastião, Riacho Fundo I e Brazlândia. A meta do GDF é atender toda a demanda de pré-escola (4 a 5 anos) e diminuir a carência por creches. 

Mãe de Samuel, 4 anos, aluno do 1º período, Soraia de Jesus, 24 anos, afirmou que a ação melhorou, e muito, a vida das mães que trabalham o dia todo. “É excelente o governo abrir mais escolas nas regiões administrativas. As crianças sofriam muito tendo que estudar no Plano Piloto”, alegou. Ela pretende matricular a filha mais nova também na nova escola. 

Na ocasião, o governador também ressaltou os investimentos na infraestrutura das escolas e na qualificação dos recursos humanos. Ele também lembrou o acordo histórico com os professores e o trabalho para que os educadores tenham a mesma valorização que as demais carreiras de ensino superior.