Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/10/13 às 15h03 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Secretaria da Mulher apoia humanização do parto

COMPARTILHAR

Para Olgamir Amancia, as mulheres devem ter autonomia para construírem sua emancipação, garantindo que suas decisões sejam respeitadas

A secretária de Estado da Mulher do Distrito Federal, Olgamir Amancia, participou, na manhã desta terça-feira (8), da Oficina sobre Humanização do Parto e Nascimento no Distrito Federal, cujo tema era “Tecnologias leves no suporte físico e emocional a? mulher grávida nos serviços de atenção ao parto e nascimento”. O encontro reuniu cerca de 200 pessoas no auditório do HMIB.

“Vivemos um momento diferenciado na história do Distrito Federal que faz com que as políticas destinadas às mulheres sejam colocadas em um patamar elevado, dando a dimensão necessária para olhar a mulher de forma integral, respeitando a individualidade de cada uma”, explicou a secretária de Estado.

Ainda de acordo com a secretária, pensar no parto humanizado é garantir a autonomia das mulheres. “É permitir o direito de escolha, é proporcionar – àquelas que foi negado, historicamente, o direito de decidir sobre sua vida – a oportunidade de dizer como as coisas devem acontecer”, avaliou a chefe da pasta.

A oficina é organizada pela Rede Nacional pela Humanização do Parto e Nascimento (ReHuNa), em parceria com o Ministério da Saúde, Governo do Distrito Federal, Universidade de Brasília, ONGs relacionadas com o tema, entre outras instituições. Participaram agentes de saúde, assistentes sociais, doulas, educadoras perinatais, enfermeiras e demais profissionais de saúde.

Durante o encontro, os participantes discutiram sobre a redução da morbimortalidade materna e perinatal; a redução dos índices de cesarianas desnecessárias; a garantia dos direitos sexuais e reprodutivos; a humanização da assistência ao pré-natal, parto, pós-parto, entre outros temas.

ASCOM SEM-DF

3961-1782