Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/06/19 às 10h39 - Atualizado em 15/04/20 às 17h37

Secretaria da Mulher do Distrito Federal marca presença na Campus Party

COMPARTILHAR

 

Foi a terceira edição do evento que reuniu mais de 100 mil pessoas em Brasília

 

 

Foram cinco dias de muitos debates e aprendizado para os participantes da Campus Party Brasília e uma equipe da Secretaria da Mulher participou ativamente de diversos espaços importantes do evento que é a maior plataforma de formação tecnológica do mundo.

O aumento do número de mulheres participantes dessa edição foi destaque. E elas estavam presente em vários painéis, conduzindo debates importantes e apresentando soluções e avanços tecnológicos para diversas áreas.

Além das participantes cadastradas oficialmente, chamadas carinhosamente de campuseiras, diversas mulheres foram visitar o espaço de imersão tecnológica.
A secretária da mulher, Ericka Filippelli, participou de alguns momentos do evento e na abertura ela destacou que durante muito tempo as mulheres não tinham espaço na área de tecnologia. Na sua apresentação ao público a gestora mandou o recado: “Quem foi que disse que as mulheres não podem estar envolvidas na área da tecnologia? As mulheres podem estar onde quiserem, pontuou.

 

Na área aberta e gratuita ao público, os visitantes puderam interagir com simuladores de realidade virtual e aumentada, jogar os mais recentes games na área FreePlay, participar de batalhas de drones e ter acesso ao universo maker. O público também teve acesso a novos projetos tecnológicos e científicos de robótica, presenciou mostras de projetos acadêmicos e conheceu startups com ideias inovadoras.

As crianças tiveram uma programação especialmente dedicada a elas no evento, tendo a possibilidade de participar de inúmeras atividades e workshops no inédito espaço Crianças Hackers, com propósito de estimular a sensação do que é ser um profissional do futuro. “Sem dúvida alguma, essa foi a edição que contou com a maior presença e participação do público infanto-juvenil, o que representa um grande legado, já que esses serão os campuseiros do futuro”, comenta Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party.

Nos cinco dias de evento, foram realizados cinco desafios: “Zé Gotinha”, parceria com o Ministério da Saúde focada no fortalecimento da vigilância e aumento da cobertura vacinal; “Aprender Bem”, em busca de soluções para a promoção de Metodologias Ativas para Educação.

A secretária da mulher, Ericka Filippelli, e a subsecretária de políticas para as mulheres, Mariana Meirelles, participaram do Hackathon “Tempo de Mudanças”- sobre Inclusão & Proteção da Mulher do DF, Turismo e Transparência. A secretária apresentou toda a proposta da dinâmica de participação dos presentes e participou do júri, formado por representantes de outras secretarias.

 

Ericka disse estar muito impressionada com a interação das mulheres ajudando mulheres, tanto na criação de novas tecnologias, quanto na realização do evento. “Quando a Secretaria da Mulher vem para esses espaços e tem acesso a tantos cases maravilhosos como os apresentados aqui – para independência emocional, financeira, para proteção e denuncia de violências domésticas e outros – abre-se um leque de possibilidades para ajudarmos as mulheres do Distrito Federal com o uso das tecnologias apresentadas durante a Campus Party”, disse aos participantes.