Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/08/19 às 17h36 - Atualizado em 15/04/20 às 17h37

Secretaria da Mulher participa da solenidade de entrega do prêmio do “Programa Viva Seu Sonho”

COMPARTILHAR

 

 

“Uma manhã de emoção e orgulho para o Brasil”. Foi assim que a Secretária da Mulher do Governo do Distrito Federal, Ericka Filippelli, descreveu a solenidade de entrega do prêmio do Programa Viva Seu Sonho, realizada na Embaixada de Portugal, nessa manhã (06). O Viva Seu Sonho forma diversas comunidades para conectar pessoas interessadas em ajudar mulheres e meninas, e inspirá-las a fazer trabalhos voluntários em suas comunidades locais. O programa faz parte de uma estratégia criada para dar notoriedade à marca Soroptimista, uma federação que atua em mais de 130 país e reúne mais de 80 mil mulheres de todas as idades, culturas e etnias, que são líderes em suas comunidades. Segundo Sônia Loyola, governadora da Região Brasil, esse grupo acredita que as associadas podem tornar o mundo um lugar melhor para outras mulheres e meninas e destacou em sua fala que “a missão das soroptimistas e trabalhar muito e dar o nosso melhor para melhorar a vida da comunidade feminina”.
Na solenidade, quem recebeu a homenagem foi Paula Regina, ganhadora do Prêmio Viva Seu Sonho na Região Brasil e da Área Internacional (anos 2018/2019). A brasileira, da comunidade de Narandiba em Salvador/BA, é estudante do sexto ano de medicina, mãe de dois filhos e está começando a residência médica no curso. Paula recebeu o valor de 10 mil dólares como prêmio e usará o dinheiro para melhorar sua vida e de seus filhos, além de auxiliar nas próximas etapas da sua formação. “É um reconhecimento pela minha trajetória de vida, de mulher pobre e negra, que se assemelha à trajetória de tantas mulheres no Brasil”, enfatizou. “Para que a gente possa percorrer os mesmos caminhos de um homem, em condições normais de existência, encontramos muitos obstáculos. Então, vejo esse prêmio como reconhecimento da minha superação”, disse emocionada.
O grupo Soroptimist distribuiu mais de U$ 2 milhões em subsídios educacionais para cerca de 1.500 mulheres em todo o mundo.
Ericka Filippelli, representando o Governo do Distrito Federal, informou aos presentes que estava muito feliz em participar da solenidade e disse que se emocionou com o nome do prêmio. “A gente ainda encontra muitas dificuldades no dia a dia das mulheres, mas vejo em cada olhar, em cada gesto, a demonstração real de que é possível sonhar e, principalmente, alcançar seus sonhos”, concluiu.

A mesa de abertura da solenidade também contou com a participação da reitora da Universidade de Brasília, Márcia Abrahão, a diretora da Federação das Américas das Soroptimistas, Jane Carol Azevedo, presidente do grupo de soroptimistas de Brasília, Maria Luiza Mathias de Souza.