Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/06/18 às 20h17 - Atualizado em 7/11/18 às 11h33

Secretaria da Mulher passa a integrar Frente pela Educação em Direitos

COMPARTILHAR

 

A Secretaria Adjunta de Políticas para Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, que também é a Coordenadora do Comitê Executivo de Participação Cidadã, e outras instituições assinaram, na última quarta-feira (13), um protocolo de intenções com a Defensoria Pública do DF (DPDF), com vistas à criação da “Frente pela Educação em Direitos”. O evento aconteceu na sede da DPDF, no SIA.

 

A frente tem como objetivo congregar instituições e associações da sociedade civil que desenvolvem programas na área da Educação. Cada uma das instituições, dentro da sua área de atuação, comprometeu-se a promover ações, com seus membros e na comunidade. A Secretária Adjunta, Joana Mello, participou da reunião de lançamento.

 

“Trata-se de uma missão muito importante: proporcionar aos jovens educação em direitos. Essa iniciativa está em perfeita sintonia com os objetivos do Programa Brasília Cidadã, e com certeza, renderá excelentes frutos”, afirmou a secretária.

 

O Diretor da Escola de Assistência Jurídica da DPDF – EASJUR, Évenin Ávila, idealizador da ideia, explicou que a Frente terá gestão descentralizada e horizontal. “Essa iniciativa não tem um só protagonista. É do povo. É de todos nós. A DPDF foi apenas um elo inicial, um capitaneador da ideia para que esse projeto se formatasse. Estamos abertos a novos parceiros para somar conosco ”, afirmou.

 

O evento contou também com a presença de outro membro do Comitê Executivo de Participação Cidadã, Lúcio Pinho, Controlador-Geral do DF, que explicou sobre o projeto “Controladoria na Escola”, bem como destacou a participação da Controladoria-Geral na Frente pela Educação em Direitos. “Esta parceria vai fortalecer nossas instituições”, afirmou.

 

Durante o lançamento da Frente, o juiz presidente da Associação dos Magistrados do DF – (Amagis), Fábio Esteves, apresentou o material impresso “Falando Direito: educação em direitos e fraternidade. Os direitos da nossa vida e a vida dos nossos direitos”, que será disponibilizado aos membros da Frente como ferramenta de ensino para nortear as ações do grupo.

 

Dividido em nove módulos, o material é o primeiro da série que traz, de forma didática e com linguagem acessível, os direitos que acompanham os indivíduos durante toda a vida: do nascimento à morte.

 

Fonte: Ascom com informações da VIJ