Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/03/14 às 18h09 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Secretaria recebe doações para a Casa Abrigo

COMPARTILHAR

Equipamentos serão usados no atendimento às mulheres

P1160796A secretária da Mulher, Olgamir Amancia, recebeu, na manhã desta terça-feira (25), doações para a Casa Abrigo feitas pela presidenta do Clube Internacional de Brasília (CIB), Cosete Ramos Gebrim. Por meio de termo assinado entre as duas partes, foi acertado o repasse de materiais a serem usados no atendimento das mulheres abrigadas, além de equipamentos que facilitarão o dia a dia na casa.

Entre o material a ser repassado, estão duas máquinas de estamparia de camiseta e duas de caneca, um fogão industrial, 1.500 camisetas (brancas e amarelas), mil unidades de sandálias brancas e instrumentos para produção de quadros, como pincéis, tintas e colas. A previsão é de que os materiais cheguem à Casa Abrigo em 20 dias.

Cosete Ramos Gebrim falou da importância desta parceria para o Clube Internacional. “Nossa diretoria social compareceu à Casa Abrigo e verificou a grandiosidade do trabalho realizado pela Secretaria, tão fundamental para as mulheres vítimas da violência doméstica. O Clube sente-se honrado em fazer parte da história dessas mulheres”, comentou.

A presidenta esclareceu que o material a ser repassado à Secretaria da Mulher é fruto de contribuições ao clube feitas pelas 500 associadas, entre brasileiras e estrangeiras. “Destinamos 30% das mensalidades para adquirir os materiais que fazem parte desta doação. Estamos muito felizes em ajudar este fundamental trabalho executado pela Secretaria da Mulher”, disse Cosete.

Olgamir Amancia lembrou que a doação vem para somar esforços aos serviços imediatos, bem como potencializar a autonomia das mulheres. “Essas doações permitirão a produção de materiais que serão fontes de renda para as mulheres em situação de vulnerabilidade. Trabalhamos com o acolhimento de um lado e, por outro, estimulamos o empoderamento das mulheres”, afirmou a secretária.

“A marca do Clube Internacional ficará registrada na história das mulheres do Distrito Federal, particularmente das vítimas de violência doméstica e familiar. Mas, como nós sabemos que, quando uma mulher é atingida, a violência ultrapassa os limites do lar, posso dizer que a marca da entidade estará inserida na lógica e na caminhada de todas as brasilienses”, finalizou Olgamir.

Silvania Timóteo, subsecretária de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres, que também participou do evento, disse que a parceria com o Clube Internacional de Brasília é importante para reforçar as ações da Secretaria. 

Ascom SEM/DF
3961-1782 e 3425-4779