Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/02/14 às 20h35 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Selo Rede Mulher beneficia 450 artesãs

COMPARTILHAR

Objetivo é estimular o empreendedorismo feminino

DesO Selo Rede Mulher, da Secretaria da Mulher, realizou 1.846 atendimentos para cerca de 450 artesãs de várias localidades do DF, desde a sua criação, no ano passado. Dados do Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro mostram que 87% das pessoas que produzem artesanatos no DF são mulheres.

“Em nosso projeto, buscamos não apenas gerar o reconhecimento, a valorização e a autonomia socioeconômica de artesãs, mas também conhecer melhor a história de cada uma delas”, esclarece Olgamir Amancia, secretária da Mulher do DF.

Segundo ela, o projeto busca promover a autonomia das artesãs e trabalhadoras manuais do DF com qualidade de vida e dignidade, abrindo novos caminhos para sua emancipação social e econômica. “Para tanto, são articuladas redes de escoamento e dinamização comercial e iniciativas de estímulo ao empreendedorismo e cooperativismo”, completa Olgamir.

CERTIFICAÇÃO – Para incluir as trabalhadoras no projeto, a Secretaria da Mulher organiza os encontros de economia feminista e solidária. Neles, as participantes têm seus trabalhos registrados para inserção no catálogo virtual, que está sendo confeccionado pelo órgão.

Além disso, as artesãs podem contar, nos encontros, com diversos serviços oferecidos pelos parceiros do projeto, como a Carteira da Artesã, emitida pela Secretaria de Trabalho, e microcrédito, liberado pelo BRB.

Durante os eventos, os empreendimentos coletivos (associações, cooperativas e grupos informais) candidatam-se a receberam o certificado do Selo Rede Mulher de Economia Solidária. Desde junho, 64 empreendimentos já se inscreveram para concorrer ao Selo, dos quais 17 foram formados nos 12 encontros realizados.

“Em 2014, será realizado o processo de seleção e certificação dos 50 empreendimentos coletivos que receberão o Selo. O projeto prevê ainda a certificação de pontos de promoção da Rede Mulher de Comércio Justo e Solidário para efetivar canais permanentes de visibilização e escoamento da produção nos setores de comércio e serviço”, finaliza Olgamir Amancia.

Parceiros – O projeto Selo Rede Mulher é uma realização da Secretaria da Mulher em parceria com as secretarias de Trabalho, da Micro e Pequena Empresa e Economia Solidária, de Cultura e de Turismo; e das Administrações Regionais.

Conta ainda com o apoio do Instituto Federal Brasília (IFB), BRB, Emater-DF, Rede de Bancos Comunitários do DF, Sebrae no DF, Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF), Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais (BPW), Cáritas Brasileira, Fórum de Economia Solidária do Distrito Federal e Rede de Economia Solidária e Feminista.

Carolina Sales
Ascom SEM/DF
3961-1782 / 3425-4779
ascom.secmulhergdf@gmail.com
Twitter: @mulhergdf
Facebook: Secretaria de Estado da Mulher