Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/07/15 às 21h26 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Semidh manifesta solidariedade à jornalista Maria Júlia Coutinho

COMPARTILHAR

Ato reafirma o papel institucional de combate ao preconceito

(Brasília, 06/07/15) – As ofensas de cunho racial dirigidas à jornalista Maria Júlia Coutinho (Majú) vêm somar-se a recentes e renovados episódios que dão conta do alarmante crescimento de manifestações explícitas, nas redes sociais e em ambientes públicos, de desrespeito e intolerância, que trazem em comum o preconceito racial, em particular contra negros e negras, o que traz embutida a rejeição à matriz africana na formação do povo brasileiro.

O fato alcançou grande repercussão social, não apenas porque a profissional trabalha no maior complexo de comunicação do País, mas essencialmente porque considerável parcela da sociedade rejeita e condena o preconceito racial e sua manifestação criminosa, que é o racismo.

Ao solidarizar-se com Majú, a Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos reafirma seu papel institucional de combate a todas as formas de manifestação de preconceitos, e mais, reitera seus compromissos democráticos, e assim confia na eficácia dos instrumentos do Estado, para investigar, identificar e punir as pessoas responsáveis por crimes que ofendem o Estado Democrático de Direito.