Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/05/15 às 22h55 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Semidh reforça campanha de vacinação contra a gripe

COMPARTILHAR

Coordenação da Secretaria mobiliza idosos para o Dia D, que ocorre neste sábado

Brasília (6/5/2015) – A mobilização nacional contra a gripe, chamada de Dia D, que ocorrerá neste sábado (9), será aberta em Brasília, às 8h, durante evento no hall de acesso da estação do metrô na 112 Sul. A iniciativa faz parte da campanha de vacinação, que começou na segunda-feira (4) e vai até 22 de maio.

A meta da Secretaria de Saúde é imunizar pelo menos 80% do público alvo: idosos, trabalhadores da área de saúde, povos indígenas, crianças entre 6 meses e 5 anos, gestantes, mulheres com até 45 dias pós-parto, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, presos e funcionários do sistema prisional, o que no DF representa, ao todo, cerca de 600 mil pessoas. No ano passado, o DF vacinou 92,3 % da população alvo.

O Dia D contra a gripe no DF é organizado pela Secretaria de Saúde e tem o apoio da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Semidh), por meio da Coordenação de Direitos de Pessoas Idosas (Codipi).

A Codipi funciona na estação 112 Sul do metrô, onde será feita solenidade de abertura do Dia D. Desde o início da semana, a Coordenação vem mobilizando, com o apoio do Conselho de Direitos dos Idosos (CDI), pessoas com mais de 60 anos para participar do evento.

O apoio da Codipi foi acertado com a Secretaria de Saúde e tem o objetivo de atrair para o Dia D um dos segmentos mais numerosos que compõem o público alvo da campanha de vacinação contra a gripe, que são os idosos.

“As pessoas devem ficar atentas a essa data, mas a vacinação não ocorrerá só na estação do metrô. Serão, no total, 153 postos de saúde abertos à população, das 8h às 17h. Além disso, é bom frisar que a campanha não acaba aí. Continua até o dia 22 deste mês”, afirma o coordenador da Codipi, Marcio Valério Mendonça Thomaz.

Meta – Com a campanha de vacinação, a meta da Secretaria de Saúde é imunizar pelo menos 80% do público-alvo. No ano passado, o DF vacinou 92,3 % da população.

Deverão ser imunizados idosos, trabalhadores da área de saúde, povos indígenas, crianças entre 6 meses e 5 anos, gestantes, mulheres com até 45 dias pós-parto, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, presos e funcionários do sistema prisional. O público-alvo representa cerca de 600 mil pessoas no DF.

A campanha de vacinação ocorre em um período onde há maior facilidade para transmissão do vírus. Por isso, quanto antes o público alvo procurar a imunização, melhor. Porém, algumas pessoas não podem tomar a vacina sem passar, antes, por uma orientação médica.

Pessoas que tenham alergia severa a ovo, doença neurológica ativa e que já tiveram alguma reação alérgica anteriormente ao tomar a vacina não poderão ser imunizadas, além, é claro, das pessoas que não estão entre o público-alvo.

Ascom Semidh
3961-1782