Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/03/20 às 16h42 - Atualizado em 24/04/20 às 17h41

Servidoras do GDF são homenageadas em evento do Dia da Mulher

COMPARTILHAR

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, o Governo do Distrito Federal homenageou, na tarde desta quarta-feira (11), 83 servidoras do GDF.

 

O evento Mulheres Impactantes foi realizado no Salão Branco do Palácio do Buriti e contou com palestras, exposição de fotos e livros e um espaço reservado para dicas de maquiagem e cuidados com os cabelos.

 

Uma servidora de cada órgão da administração direta e indireta do GDF foi escolhida para receber a homenagem representando a importância das mulheres que fazem parte do governo, seja por tempo de trabalho ou pela forma que representam a instituição.

 

“Existem tantas pesquisas que dizem que o Brasil só vai crescer se as mulheres forem inseridas no mercado de trabalho, que a nossa inserção vai levar o nosso país ao desenvolvimento, então nós não somos apenas uma parcela da população, somos parte, somos estratégia do desenvolvimento e da prosperidade”, disse a secretária da Mulher, Érika Filippelli.

 

Entre as homenageadas estavam a procuradora-geral do Distrito Federal, Ludmila Galvão (mestre em Direito Civil Processual pela USP); a defensora pública-geral do DF, Maria José de Nápolis (formada em Direito e pós-graduada em Direito Constitucional, e a primeira mulher a ocupar o cargo no DF); a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca (advogada, servidora concursada e primeira mulher a comandar a instituição em 44 anos); a coronel da Polícia Militar do DF, Cyntiane Santos (ingressou na PM em uma turma com 64 homens e apenas quatro mulheres, e foi a primeira mulher a compor a segurança presidencial e a assumir o Batalhão de Choque do DF e comandar a Tropa de Elite do Brasil); e a delegada-chefe da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), Sandra Gomes (ocupa pela segunda vez o cargo de titular da Deam, onde implantou a Lei Maria da Penha).

 

O evento foi uma iniciativa do gabinete da primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Noronha Rocha, e do gabinete do vice-governador Paco Britto, representado pela sua esposa, Ana Paula Hoff. “É inegável que as ações do atual governo têm procurado mudar a realidade para as mulheres do DF e ampliar seu leque de conquistas”, frisou Ana Paula. “Compomos um governo que valoriza a nossa presença, a nossa participação e, mais que isso, as nossas pautas”, completou Érika Filippelli.

 

Mês da Mulher

 

No início do mês de março, o governador Ibaneis Rocha anunciou a construção da Clínica da Mulher, na 514 Sul, e quatro unidades da Casa da Mulher Brasileira, em São Sebastião, Sobradinho II, Sol Nascente e Recanto das Emas.

 

O governador também anunciou a construção de mais quatro Casas da Mulher Brasileira em 2021 e policlínicas voltadas para elas em cada região administrativa. A previsão para este ano é a inauguração de mais uma Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), em Ceilândia. Durante o evento, também foi anunciada a criação do Observatório da Mulher do DF.