Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/05/15 às 16h47 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Servidores da Casa da Mulher Brasileira iniciam capacitação

COMPARTILHAR

Curso segue até a quarta-feira

Brasília (25/5/2015) – Começou, na manhã desta segunda (25), no auditório da Delegacia da Mulher, na Asa Sul, o curso de capacitação dos servidores que vão atuar na Casa da Mulher Brasileira de Brasília. A Casa será inaugurada na terça-feira (2 de junho), às 14h. Vai reunir um só local todos os serviços de atendimento a mulheres em situação de violência.

O curso foi aberto às 9h30, pela secretária de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Semidh), Marise Nogueira. Ela falou sobre o projeto da Casa, a sua importância para as mulheres e os serviços que serão prestados no local.

Em seguida, a secretária adjunta de Enfrentamento à Violência contra a Mulher da Secretaria de Políticas Públicas da Presidência da República (SPM-PR), Aline Yamamoto, apresentou os números da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, que recebe denúncias de violência, e traçou um panorama das estratégias de combate a esse tipo de crime.

Ainda na parte da manhã, houve palestras da delegada da Mulher, Ana Cristina Santiago, da coordenadora do Núcleo de Defesa da Mulher da Defensoria Pública, Dulcielly Nóbrega, do juiz coordenador do Centro Judiciário da Mulher, Ben-Hur Viza, e do coordenador do Núcleo de Gênero Pró-Mulher, do Ministério Público do DF e Territórios, promotor Thiago Pierobom.

Para a tarde, além de uma explanação da coordenadora da Casa da Mulher Brasileira de Brasília, Mylenna Calazans, está previsto o trabalho em grupos. A ideia é que os servidores troquem impressões sobre suas expectativas e sobre como podem contribuir para o projeto.

Os participantes se dividirão em seis grupos temáticos – Representação, imagem e imaginário sobre as mulheres; Identidades de gênero e orientação sexual; Capacitismo: especificidades das mulheres com deficiências e idosas; Racismo institucional; Desigualdades de gênero nos âmbitos público e privado; e Violência doméstica contra as mulheres.

O curso de capacitação segue até a quarta-feira (27), num total de 24 horas-aula. Durante os três dias de atividades, os servidores terão, além de palestras e trabalho em grupo, aulas expositivas, discussão de filmes e estudo de casos.

Serviço:

Clique aqui para saber mais sobre o curso e aqui para conhecer o projeto da Casa da Mulher Brasileira.

Ascom Semidh
3961-1782