Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/07/19 às 16h27 - Atualizado em 27/04/20 às 16h28

Testes de hepatite e vacinas serão oferecidos no Brasília Capital Moto Week

COMPARTILHAR

Maior evento de motociclismo da América Latina, o Capital Moto Week terá dezenas de atrações. Uma delas, porém, tem uma caráter especial: o Ônibus da Mulher. Nele, orientações sobre empreendedorismo feminino, combate a violência contra a mulher e testes rápidos para identificar Hepatite B e C.

 

Também serão aplicadas vacinas e distribuídos preservativos masculinos e femininos.  O equipamento, uma parceria das secretarias da Mulher e da Saúde do Distrito Federal, terá – na verdade – equipes para atender toda a família, gratuitamente.

 

A 16ª edição do Capital Moto Week será Granja do Torto, de 18 a 27 de julho.

 

Divino Martins, subsecretário de Vigilância à Saúde, destacou a importância da parceria para a conscientização dos participantes do evento motociclístico.

 

“Na visão da saúde coletiva, é importantíssimo que tenhamos um olhar especial para as mulheres, pois – em grande parte das famílias – são as responsáveis pelo cuidado e educação de todos os integrantes”, apontou Divino.

 

“Os serviços que estamos oferecendo no ônibus itinerante são mais uma demonstração do nosso cuidado com a mulher, com sua saúde física e emocional”, diz Ericka Filippelli.

 

Os últimos dados do Ministério da Saúde apontam que o Brasil registrou mais de 40 mil casos novos de hepatites em 2017. E os casos da doença mais que dobraram em homens de 20 a 39 anos. A maior concentração dos casos está na população com mais de 40 anos de idade.

 

Serviço

 

Ônibus da Mulher

 

Local: Brasília Capital Moto Week – Granja do Torto

18 a 27 de julho – Das 17h às 20h – distribuição de materiais informativos e preservativos

20 e 21 de julho / 27 e 28 de julho – Das 14h às 18h – Orientações sobre Dengue

20 e 21 de julho / 27 e 28 de julho – Das 14 às 18h – Testes e vacinas de hepatite B e C

Julho Amarelo – 28 de julho – Dia Internacional das Hepatites Virais

 


*Débora Cruz, com edição da Agência Brasília