Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/02/18 às 15h43 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Últimas informações sobre o Passe Livre PCD

COMPARTILHAR

 

 

A Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh) esclarece que o prazo para a atualização cadastral do novo cartão do passe livre no transporte público foi prorrogado para  o dia 2 de março e se estende a pessoas que têm deficiências (PCD), e com renda de até 3 salários mínimos.

 

Esse recadastramento começou no dia 14 de novembro do ano passado, pelo site, e 16 de novembro na Estação Cidadania, no Metrô da 112 Sul.  A Secretaria informa ainda que não é necessário o deslocamento até o Posto de Atendimento da 112 Sul. O envio das  informações pode ser feito pela internet, no site do DFTrans: www.bilheteunicodebrasilia.df.gov.br.

 

Os documentos necessários para a atualização cadastral, de quem já  é usuário de  passe livre, são:

 

– RG;

– CPF;

– Comprovante de residência ( Dos últimos 2 meses); ou uma  declaração, de próprio punho,  que ateste o endereço residencial.

– Comprovante de renda (cópia do último contra-cheque ou  extrato do Benefício pago pelo  INSS, que pode ser pesquisado pelo DFTrans, mediante o preeenchimento de uma autorização do usuário)

– Carteira de trabalho;

– 1 Foto atual  3×4.

A lista de documentos necessários para quem solicita pela primeira vez o passe livre, inclui a apresentação de um Laudo Médico que ateste a deficiência; além dos documentos pessoais,

– RG;

– CPF;

– Comprovante de residência ( Dos últimos 2 meses) ou, declaração que ateste o endereço de moradia;

– Comprovante de renda (cópia do último  contra-cheque ou extrato de benefício do INSS). O extratro de Benefícios pode ser pesquisado pelo DFTrans, mediante o preeenchimento de uma autorização do usuário)
– Carteira de trabalho;

– 1 Foto 3×4 atual.

*É necessária  a apresentação dos documentos originais.

 

O usuário sem vínculo empregatício ou desempregado, precisa declarar a renda mensal em documento de próprio punho, apresentar a carteira de trabalho, o extrato de contribuição junto ao INSS e, também o nada consta do recebimento de benefício.

 

A Sedestmidh informa que são distribuídas 250 senhas, de segunda a sexta-feira, para o serviço, e o atendimento é feito das 8h às 17h na Estação Cidadania.