Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
26/06/20 às 10h34 - Atualizado em 20/02/24 às 16h34

Observatório de Violência Contra a Mulher e Feminicídio

 

 

 

 

O portal “Observatório de Violência Contra a Mulher e Feminicídio” criado pelo Governo do Distrito Federal – Decreto n.º 40 476 de 02 de março de 2020 – e coordenado pela Secretaria da Mulher (SMDF) amplia a acessibilidade digital à toda a população do DF.

 

O Observatório de Violência Contra a Mulher e Feminicídio é um portal inovador e pioneiro, com conteúdo estatístico e informações constantemente atualizadas, sobre a realidade das mulheres no Distrito Federal.

 

Podem ser encontrados no portal, disponível também em versão mobile, gráficos com dados comparativos relacionados às áreas da saúde; segurança pública; trabalho; educação; assistência social; e direitos humanos.

 

O Observatório é também mais um meio de atendimento à mulher em situação de violência, com o canal “Peça Ajuda” onde são encontrados os contatos para atendimento e orientações da Secretaria da Mulher; o número Dique-Denúncia da Polícia Civil – 197 e também da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180.

 

Entre as finalidades doObservatório de Violência Contra a Mulher e Feminicídio está a produção de diagnósticos qualificados sobre a situação da mulher, a implementação e avaliação de políticas públicas para as mulheres; a padronização da coleta, análise e divulgação dos dados e informações públicas.

 

Um dos principais objetivos do portal é contribuir para a promoção da igualdade de gênero e dos direitos das mulheres. “O Observatório chega para contribuir e centralizar uma série de informações e serviços de extrema relevância para as mulheres e para a população em geral. O mais interessante e enriquecedor é a integração com outras pastas na composição do Comitê Gestor do portal e na disponibilidade dos dados. As Secretarias, a Casa Civil e a Codeplan, envolvidas na gestão do portal, têm o objetivo comum de multiplicar conhecimento e estimular a participação social na formulação de políticas públicas efetivas de proteção à mulher”, destaca a Secretária da Mulher, Giselle Ferreira.

 

O Observatório centraliza todas as informações da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher no DF:

 

  • Central de Atendimento à Mulher: 180;
  • Central da Polícia Civil do Distrito Federal: 197;

Contatos da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam I e II);

  • Defensoria Pública;
  • Núcleo de Defesa da Mulher;
  • Centro de Atendimento à Mulher;
  • Núcleos de atendimento à família e autores de violência doméstica, Nafavd;
  • Centro de Referência de Assistência Social, CRAS;
  • Centro de Referência Especializado de Assistência Social, CREAS;
  • Casa Abrigo;
  • Conselho dos Direitos da Mulher, CDM.

 

  • O portal também traz orientações que auxiliam na identificação de todo e qualquer tipo de agressão contra a mulher. Segundo o Observatório, entre março e maio deste ano, foram realizados quase 1.400 atendimentos durante a campanha “Mulher Você não está Só”, lançada nesse período de pandemia, provocado pela Covid-19. A Cartilha da Secretaria da Mulher também está disponível no portal com informações e orientações sobre o que é violência doméstica e como identificá-la. Também podem ser encontradas estatísticas da participação feminina nos programas de incentivo ao empreendedorismo e à autonomia econômica das mulheres, realizados pela SMDF, bem como dados estatísticos atuais sobre o COVID -19.

 

Acesse o portal do Observatório da Mulher:

www.observatoriodamulher.df.gov.br

 

Observatório de Violência Contra a Mulher e Feminicídio
Secretária Executiva: Rachel Heringer Salles
Telefone: (61) 98188-9095
E-mail: observatoriodeviolencia@mulher.df.gov.br

 

 

 Ascom / Secretaria da Mulher do Distrito Federal – SMDF

Redes Sociais: @secmulherdf 

www.mulher.df.gov.br

Telefones: 3033-3124

Governo do Distrito Federal